Rubem Alves

Pimentas são frutinhas coloridas que têm poder para provocar incêndios na boca. Pois há ideias que se assemelham às pimentas: elas podem provocar incêndios nos pensamentos.

Ouvi essa citação hoje, na banca de mestrado da minha irmã. Foi amor à primeira vista. Descobri que é de um livro do Rubem Alves chamado Pimentas.

Interessei. Nota mental: conferir mais sobre o livro.

 

Continue Reading

Escola francesa renova ambientes com grafite

Design não é uma palavra que vem à cabeça quando pensamos em uma escola, certo? A maioria delas tem uma atmosfera suave, com cores homogêneas e um look por vezes até sem graça. Mas uma instituição de Paris rompeu com o padrão: cem grafiteiros foram chamados para transformar as paredes dos dormitórios em uma verdadeira celebração de arte e criatividade.

A equipe passou três semanas pintando o interior de uma residência estudantil na Cité International Universitaire, na cidade Luz. Os artistas foram convidados como parte do Rehab 2, um festival urbano, e ganharam carta verde para preparar o espaço que seria aberto ao público. A parte triste é que a exibição estará disponível por tempo limitado, porque os dormitórios passarão por uma renovação “oficial” depois da mostra.

Pelo menos os fotógrafos registraram esse grafite fantástico, que fica aí como inspiração para mais instituições descontraídas. Confiram as imagens:

Bem que eu queria estudar em uma escola assim!

Via Bored Panda

Continue Reading

Como falar de si mesmo sem parecer pedante

Tenho um sério problema para falar de mim mesma: sempre acho que estou me vendendo, que estou soando arrogante, enfim, que tá ficando feio. Não sou a única a pensar assim – já descobri que esse é um problema comum para muitos introvertidos.

O vídeo aí embaixo dá umas boas dicas para aprender a falar sobre si e ao mesmo tempo conquistar a audiência. PS: as legendas estão em inglês automaticamente, mas basta clicar nas configurações para alterar para o português.

Via School of Life

Continue Reading

Oh Gigue, a ilustradora canadense perfeita para uma sexta-feira corrida

Juro que pensei em escrever um post legal hoje, em procurar uma notícia bem inspirada para compartilhar com vocês. Mas o dia foi tão corrido que só agora, quase 17h30 da tarde, eu consegui parar. E tudo que eu pensei foi: estou morta. Engraçado que até na morte a gente encontra inspiração!

Procurei no Pinterest por alguma ilustração legal que representasse todo o meu cansaço, e descobri o trabalho da Oh Gigue, uma canadense que desenha bonequinhas bem parecidas comigo (cabelo preto e franjinha, alguém aí?). Os desenhos são bem minimalistas e boa parte é apenas em preto e branco. No twitter, a artista se define: “meu único jeito de me comunicar é desenhando essas pequenas figuras dentro de caixinhas, e esperando que faça sentido para alguém”.

Bom, hoje fez muito sentido para mim. E arte é exatamente sobre isso, né?

Via Pinterest

Continue Reading