Airbnb apresenta instalação interativa na Design Miami

Durante o período da Design Miami/2015, que ocorreu no início do mês,  o Airbnb apresentou a “Belong. Here. Now” – uma instalação interativa onde criativos moravam ao longo da semana, performando atividades para a audiência. Teve arte, música, ilustração e fotografia, com vários artistas empregando diferentes meios e métodos para criar momentos inesperados para os convidados.

A dupla de arquitetos de Chicago, Stewart Hicks e Allison Newmeyer, da design with companyconcebeu o espaço para espelhar a experiência que o Airbnb oferece: convidar alguém para sua casa, mostrar a essa pessoa os lugares mais legais da cidade, e fazer com que se sinta bem-vindo – resumindo, expressões de hospitalidade. A instalação funciona como um fórum aberto, no qual os visitantes podem experimentar ativamente o espaço.

A interação começava por meio de formas simples, com divisórias cuja intenção era criar áreas de engajamento. Esses espaços vazios poderiam ser transformados para acesso, abrindo-se para receber os visitantes. Aí era só brincar de organizar a casa: utilizando volumes comuns em novos contextos, o design transmitia um senso de conforto e diversão para os convidados, sempre com muito bom gosto.

airbnb-canhotices2  airbnb-canhotices3  airbnb-canhotices4  airbnb-canhotices5

“Muito do nosso trabalho olha para a intersecção da narrativa e da arquitetura, ou como o espaço físico e o storytelling colidem”, afirmou Stewart Hicks, co-fundador da Design with Company. Trabalhar com o Airbnb nesse projeto é um ótimo casamento de muitas das ideias que defendemos. Ao longo dos anos, o Airbnb se tranformou em uma plataforma que, dentre outras coisas, demonstra como as pessoas vivem hoje em dia e como se relacionam com o espaço físico. Esperamos que, em perceria com eles, possamos criar um espaço para inspiração e comunidade na Design Miami.

Do lado do AirBnb, Jonathan Mildenhall, CMO da empresa, afirma que a iniciativa teve tudo a ver com a missão da startup: criar espaços nos quais as pessoas podem pertencer, em qualquer lugar. A instalação foi criada para que as pessoas pudessem experimentar o inesperado, aberta a convidados com um senso  de descoberta que desejavam sair inspirados. Legal é que, ao olhar as fotos, tudo que a gente percebe é um espaço vazio – o que vale para uma casa ou uma pousada. É a presença das pessoas e as atividades que elas desempenham ali que dão toda a graça do projeto.

Via Design Boom

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *