Patrick Commecy e as fachadas hiper-realistas

O street artist francês Patrick Commecy reuniu um grupo de muralistas para transformar fachadas sem graça em desenhos lindos e cheios de vida. As ações foram criadas em cidades francesas – grandes e pequenas – e os desenhos seguem a linha do hiper-realismo: é preciso olhar bem de perto para ver que as imagens não são reais. Um detalhe que eu achei legal é que eles costumam inserir nas janelas e sacadas desenhos de pessoas famosas que já viveram ou ainda vivem por ali.

fachada1

 

fachada2

fachada3

fachada4

fachada5

Adoro esse tipo de trabalho – sei que existem vários em São Paulo, e aqui em Porto Alegre temos alguns no Túnel da Conceição e outro na fachada de um prédio da Assis Brasil, que eu passo todo dia quando vou para o trabalho. Se eu conseguir fotos posto aqui.  Para mim, é uma maneira de quebrar a dureza das cidades grandes e aquela paisagem (olha a expressão clichê) selva de pedra. É tão bom ver um colorido no meio daquele cinza do dia-a-dia, né?

A dica desse post veio do Weezbo.

Continue Reading