Casal passa 24 anos construindo Cidade Flutuante no Canadá

Vinte e cinco anos atrás, os artistas Catherine King e Wayne Adams chegaram à conclusão de que nunca teriam dinheiro o suficiente para comprar um imóvel. Mas, ao invés de ficarem parados em meio ao lamento, eles tomaram uma decisão radical – e bem diferente: construir uma verdadeira cidade flutuante. Ancorada ao largo da costa da Ilha de Vancouver, que fica a 45 minutos de barco da cidade mais próxima, a pequena ilha do casal é chamada de “Freedom Cove” – em tradução livre: Enseada da Liberdade (coisa mais fofa né?).

A ilha móvel é feita de doze seções que incorporam quatro estufas, os quartos, uma cozinha, oficina, galeria de arte, um farol e até uma pista de dança. Nada mal para quem não tinha dinheiro para comprar a casa própria, né?

Adams estima que a estrutura pese em torno de meia tonelada, e afirma que tudo foi construído com um serrote de carpinteiro e um martelo, sem qualquer ajuda de ferramentas elétricas. No vídeo Great Big Story , dá para ter uma ideia do que está por dentro dessa residência totalmente fora do comum. Comentário para descontrair: sabendo que os dois são artistas e que a construção foi toda manual, não pude deixar de pensar que esse é o sonho de todos os estudantes de humanas!

 

Algumas imagens para vocês conferirem a paisagem dessa “ilha particular”

 

freedom-4

freedom-5

O casal de artistas em seu pequeno retiro

 

freedom-1

freedom-2

Via Colossal

Continue Reading

Mesa de centro em formato de fita cassete cria ambientes descolados

A nostalgia das fitas cassete encontra o design industrial, moderno e suave na Taybles, uma empresa de Los Angeles cuja especialidade é projetar peças de pop-art que também servem como mobília funcional.  Três jovens artistas tocam o estúdio, e produzem mesinhas de centro em formato de fita cassete. Cada uma das peças é fruto de uma mistura de materiais: madeira de lei, bétula e aço, todos selados com resina. Alguns dos modelos também são preenchidos com luzinhas de LED no porta-copos, para dar aquele charme às festinhas e recepções em casa.

Conforme explicam no site, as mesas descoladas do trio são feitas para “músicos, artistas e todos aqueles que são jovens de coração”. No fim das contas, elas são uma ótima opção para qualquer pessoa que deseja acrescentar um ar divertido e customizado a sua casa. Cada mesinha vem com uma versão clássica ou personalizada do layout de uma mixtape, como por exemplo “Awesome Mix Vol.  2”.

Quem quiser, pode até comprar o seu exemplar customizado na lojinha do Etsy 214 Graffiti, mantida pela empresa.

As fitas não tocam música de verdade, mas com todo esse charme nem é preciso, né? Resta agora saber quando surgirão os sofás em formato daqueles aparelhos de som portáteis dos anos 90!

O charme dos descansos de copos super criativos

 

Layout personalizado com o nome da mixtape

 

Detalhes provam o quanto a peça é funcional

 

 

Via My Modern Met

Continue Reading

Um hotel super colorido inspirado nos cabarés de Paris

Hoje vamos voar direto para Paris e visitar o Hôtel Joséphine, um hotel boutique super vibrante e com um clima que tem tudo a ver com os cabarés, localizado a apenas alguns minutos do famoso Moulin Rouge. A designer de interiores Julie Gauthron  é a responsável por dar ao hotel o look colorido e contemporâneo, inspirado no estilo francês vigente no início do século 19.

 

hotel-cabares-canhotices

A decoração floral é trespassada por produtos modernos, que dão ao interior um astral vintage e contemporâneo ideal para atrair os visitantes. São 41 quartos distribuídos ao longo de seis andares, cada um executado minuciosamente por Gauthron, que é bem conhecida no trabalho com hotéis.

cabares-paris-canhotices9

cabares-paris-canhotices8

Localizado em South Pigalle, pertinho do Moulin Rouge, o hotel também fica próximo à Sacré Coeur, Montmarte e Ópera Garnier, para os que adoram turistar.

cabares-paris-canhotices6

Os quartos são muito coloridos e reproduzem bem a aura parisiense, quase fazendo com que o hóspede sinta-se como se estivesse vivendo lá pelos anos 20 ou 30.

cabares-paris-canhotices5

Imagens em preto e branco de dançarinas de cabarés adornam as paredes cheias de padronagens, dando um toque extra à estética vintage.

cabares-paris-canhotices4

O que é esse telefone? Amei!

 

cabares-paris-canhotices3

cabares-paris-canhotices2

cabares-paris-canhotices

cabares-paris-canhotices11

 

O preço não é dos mais baratos, mas também está longe de um hotel inacessível. Você pode se hospedar em um quarto de solteiro por a partir de 131 euros. Para reservar, visite o site do Joséphine.

Via Design Milk

Continue Reading

Escadaria gigante é inaugurada para comemorar aniversário de Rotterdam

A cidade holandesa de Rotterdam erigiu uma escadaria gigante que promete levar os pedestres da entrada da estação central até o topo do Groot Handelsgebouw, um edifício histórico e turístico . Desenhada pela MVRDV, a estrutura é uma homenagem ao esforço de reconstrução da cidade logo após a segunda guerra mundial.

 

A MVRDV é um estúdio de design, e criou a escadaria como parte do aniversário de 75 anos de Rotterdam e das comemorações de sua reconstrução após a segunda guerra. O legal é que esse gigante não é só um “enfeite” da cidade – trata-se de uma escada plenamente funcional. São 180 degraus que levam ao terraço do Groot Handelsgebouw, um monumento central que oferece uma das melhores vistas panorâmicas da cidade. Além disso, a equipe instalou no topo do edifício um cinema especial para o evento, que oferece entretenimento e performances sobre o desenvolvimento e história da cidade. Apenas confiram essa vista de babar:

O co-fundador da MVRDV, Winy Mas, afirmou que a com a instalação é possível mostrar um novo lado da cidade – ou melhor, como ela seria caso houvesse várias escadas como essas dando acesso ao topo dos edifícios existentes. Uma maneira bem interessante de se criar um cenário urbano tridimensional, muito mais interativo e adaptado para as novas gerações, não é?

Quase oito mil pessoas visitaram o monumento apenas no primeiro dia. Também, quem não iria? A escadaria fica aberta ao público até o dia 12 de junho – nesse domingo.

Continue Reading

FoodShare Truck é a feira móvel que leva alimentos fresquinhos a comunidades de Toronto

O FoodShare Truck – que em tradução livre, equivale a algo como caminhão da comida compartilhada – é um projeto dedicado às comunidades, permitindo que experimentem um pouquinho do que é uma produção de alimentos limpa, fresca e saudável.  Trata-se de um ônibus velho que foi transformado em food truck para operar em prol da causa em Toronto. O resultado é um supermercado/feira móvel, que oferece frutas e vegetais a preços mais baratos para famílias de baixa renda, em áreas nas quais é difícil encontrar comida de boa qualidade.

O Foodshare Truck faz parte da Mobile Good Food Market Initiative, que é um projeto da área de Saúde Pública de Toronto. Esse depertamento trabalhou em conjunto com a United Way Toronto, a University of Toronto e o FoodShare, até chegar na ideia que vemos aqui. O objetivo é melhorar a nutrição da população como um todo e evitar doenças como obesidade, desnutrição e problemas crônicos devido à má alimentação.

O caminhãozinho foi doado pela Comissão de Trânsito de Toronto, de acordo com a Associação de Saúde Pública do Canadá. A associação buscou ajuda de um escritório de arquitetura para transformar o bus: ele foi decorado dentro e fora, assentos foram removidos e substituídos por prateleiras e estoques permanentes. O resultado é a loja móvel que vemos nas fotos.

O food truck não tem o objetivo de lucro. Ele unicamente oferece às comunidades de renda inferior a oportunidade de comprar frutas, verduras e legumes a um preço justo e acessível. O FoodShare Truck remove o isolamento e abre as portas para uma saúde melhor, tornando-a possível para todos.

Tem até um videozinho explicando. Confere aí:

 

FoodShare Truck

Via PSFK

Continue Reading

Instalação em hospital britânico celebra o presente da doação de órgãos

One Thousand Thank Yous (Mil Obrigados) é uma instalação em escala real que celebra um presente capaz de mudar vidas – a doação de órgãos. A instalação ficará na entrada do Gloucestershire Royal Hospital, no final desse ano. A obra possui a forma de um imenso coração dourado, construído com 1000 tags de embalagens de presente feitas de alumínio.

Cada uma das tags vai ser gravada com a mensagem de um receptor de transplante, destinada ao doador. A forma de coração foi escolhida por ser um dos mais comuns transplantes de órgãos, que dá a chance de uma nova vida para milhares de pessoas a cada ano. As 1000 tags vão ser carimbadas com a chapa de alumínio e anodizadas com ouro. Depois disso, cada etiqueta será presa a um cabo de aço suspenso por uma grande elipse fixada no teto do hospital.

A ideia veio do Gloucestershire Hospitals NHS Foundation Trust Organ Donation Committee, e no momento o comitê está coletando as mensagens. O projeto é do escritório George King Architects.

Irvin Wilson, que lidera o Arts Steering Group do comitê, afirmou: “A instalação é uma forma de reconhecer a importância dos doadores de órgãos, e agradecer às suas famílias pelos presentes extraordinários recebidos.” Além de um espaço a ser desfrutado pelos pacientes, staff e visitantes, o objetivo da instalação é motivar a discussão e a projeção do valor da doação de órgãos.

Aqueles que desejarem contribuir podem encontrar mais informações aqui.

thank-yous2

thank-yous3

 

Via Not Cot

Continue Reading