Conheça BUS, uma parada de ônibus gigante em Baltimore

BUS é uma mistura de instalação artística, mobiliário urbano e parada de ônibus, que fica na cidade americana de Baltimore. As letras B, U e S foram esculpidas em madeira em tamanho gigante – cada uma mede 7x14m. Esse trambolho é a parada de ônibus em si, com espaço para sentar e esperar, mas, principalmente, é um meio de recreação e entretenimento. A instalação BUS é feita de madeira e aço, materiais recorrentes no mobiliário urbano. Cada letra é suficiente para acomodar até quatro pessoas, além de protegê-las do sol, chuva e do vento.

bus-canhotices1

 

bus-canhotices2

O objetivo do projeto era transformar o ato de esperar o ônibus, que é bem chato, em um momento divertido e até mesmo relaxante, sem sair da cidade. O legal é que a ideia tem potencial para se transformar em um ponto turístico da cidade – imagina só combinar com os amigos um encontro na parada do ônibus?

bus-canhotices3

 

bus-canhotices4

BUS é um projeto público de arte feito pelo Coletivo Espanhol mmmm…, que faz parte da iniciativa TRANSIT, Creative Placemaking with Europe em Baltimore. Esses artistas espanhóis têm uma missão bem parecida com a Shoot The Shit, no sentido de transformar a experiência que vivemos em meio aos espaços públicos das nossas cidades. Deu até vontade de andar de ônibus (ok, não nesse calor!).

Via Design You Trust

Continue Reading

Street Art com Origami é a marca da francesa Mademoiselle Maurice

Eu sou apaixonada por street art, ao ponto em que tenho que cuidar para não encher esse blog só dessas referências. Mas não tive como resistir ao encontrar o trabalho da Mademoiselle Maurice, uma artista francesa que trabalha com origami, criando peças fantásticas.

mademoiselle-maurice-canhotices

Ao invés de apresentar o seu trabalho nos museus, Maurice escolheu as ruas como palco, para que todos possam apreciar o colorido das suas instalações. A francesa aprendeu a fazer Origami no Japão – Origami, não os aviõezinhos de brincadeira que a gente dobra, ok?

mademoiselle-maurice-canhotices2

mademoiselle-maurice-canhotices3

As dobraduras dela combinam milhares de formas de papel, e às vezes levam dias para serem montadas. Pensando nisso, ela trabalha em parceria com escolas e organizações locais, recebendo ajuda de centenas de voluntários para dobrar os papeizinhos.

mademoiselle-maurice-canhotices34jpg

mademoiselle-maurice-canhotices5jpg

A inspiração? Veio do Terremoto em Tóquio em 2011, quando ela estava vivendo na cidade. Em meio à tragédia, ela decidiu expressar um carrosel de emoções por meio do seu trabalho. Um ponto muito legal é o aspecto coletivo das instalações: cada um que ajuda a dobrar, acaba se sentindo um pouquinho parte desse espectro colorido.Para conhecer mais sobre o trabalho de Maurice, e apreciar as diversas instalações feitas ao redor do mundo, eu recomendo acessar o site da artista.

Via Viral Florest

Continue Reading

Artista desenha personagens famosos em luvas de café do Starbucks

Não é só o café que inspira as pessoas. Sim, a bebida é mesmo considerada o combustível dos criativos, mas nesse caso a matriz das ideias está naquelas pequenas luvas de café feitas de papelão, que envolvem o copo e protegem as nossas mãos contra queimaduras. O Tumblr e Instagram Sleevebucks – criações de um autor desconhecido, e olha que eu procurei a internet inteira atrás do artista! – resolveu aproveitar esse material para desenhar personagens conhecidos do cinema e da cultura pop. Uma imagem por dia, para encher os olhos:

luvas-de-café-canhotices

 

luvas-de-café-canhotices2

 

starbucks-cup-sleeve-art-canhotices3

A famosa sereia das luvas de café já virou personagens como Batman, Katy Perry, Thor, Marilyn Monroe, Harry Potter e até a Elsa, de Frozen. Um projeto simples, que poderia muito bem entrar para a galeria dos Projetos Paralelos – e que serve para dar uma forcinha no portfólio.

starbucks-cup-sleeve-art-canhotices4

 

sleevebucks-canhotices5

E para completar: cada imagem também vem com um trocadilho bem sem vergonha em inglês, o que deixa o resultado ainda mais divertido. Um exemplo, no caso do Thor: “Stop. Hammertime”. Os desenhos são feitos com uma caneta simples, mas ainda assim ficam excelentes.  Vale muito seguir no Tumblr!

Via Design You Trust

 

Continue Reading

Russa Ekaterina Panikanova desenha usando livros e cadernos antigos como telas

Não raro, o meio que um artista usa é tão importante quanto a sua criação. Em comunicação, existe uma máxima que diz que o meio é a mensagem – o que cai muito bem para o trabalho de Ekaterina Panikanova. Utilizando livros, cadernos e retratos de diferentes épocas para formar um grid, a russa compõe uma tela gigante com superfícies irregulares, que conversam entre si.

panikanova-1-canhotices

panikanova-2-canhotices

Ordenados em grupos, os livros lembram pedaços de quebra-cabeça que parecem ser intercambiáveis, ao mesmo tempo em que são extremamente dependentes um do outro. Essa é uma analogia interessante com as nossas experiências e memórias que, embora pessoais, acabam por formar o espírito do tempo, quando consideradas no coletivo. O resultado? Uma série tridimensional espetacular, que foge da pintura tradicional e chega a flertar com as instalações artísticas.

books-1-canhotices

books-2-canhotices

panikanova-8-canhotices

Os desenhos de Panikanova com certeza não teriam o mesmo impacto se ela não trabalhasse com livros usados, que carregam uma memória própria em cada página (imagina fazer uma tela assim com livros de um sebo? Morri!) Ao olhar para o trabalho final, percebemos que o todo acaba sendo menos importante do que as partes – uma vez que cada uma delas tem uma história diferente para contar. Sou suspeita para falar porque amo arte E literatura, então simplesmente caí de amores por essa quase-instalação.

Via Designer-Daily

Continue Reading

Instalação luminosa feita de 5.500 lâmpadas reproduz a Lua Nova

New Moon é uma obra interativa de luz e sombra instalada em Kentucky, nos Estados Unidos, em Fevereiro do ano passado. O projeto é dos artistas Caitlind r.c. Brown and Wayne Garret, que reaproveitaram 5.500 lâmpadas queimadas doadas pela comunidade para reproduzir a lua.  O charme da escultura fica por conta da catraca imensa, que permite aos visitantes manipular as fases lunares. Detalhes no vídeo e nas imagens:

moon-6-canhotices

moon-2-canhotices

moon-3-canhotices

Ao explorar o astro que inspira poetas e artistas há séculos, a escultura traz para o plano concreto a influência da lua na vida das pessoas: os efeitos de marés e principalmente a relação luz e sombra. O que eu mais curti é a possibilidade de mover a catraca em conjunto. Se as instalações de arte já são legais quando interagimos individualmente, muito mais quando podemos compartilhar a experiência com os outros, né?

Via Colossal

Continue Reading

Pôsteres de Viagem Retrô

Sou absolutamente apaixonada por pôsteres. De todos os tipos – os minimalistas, os clássicos, enfim, todos têm um lugar reservado nas minhas referências. Mas os retrôs são, com certeza, um dos meus estilos favoritos.

O uso “publicitário” desses cartazes se consolidou a partir de 1900, quando artistas (como Toulouse Lautrec, que fez vários trabalhos para o Moulin Rouge) começaram a empregar a litografia a cores para produção em maior escala. A arte dos pôsteres se tornou uma oportunidade para trabalhar com tons vibrantes, imagens e tipografia criativas na promoção de vários temas comerciais, dos quais os destinos de viagens foram um dos mais explorados. Olha só alguns aí, começando pelo do Brasil:

brazil

Legal que no mínimo uns 100 anos depois, o Brasil continua vendendo os mesmos argumentos: praia, pão de açúcar e a mulherada de biquíni.

san-francisco

Difícil olhar para esse cartaz e e não lembrar de uma das cenas mais clássicas do cinema: a Escadaria de Odessa, no filme O Encouraçado Potemkin.

odessa

venezuela

south-america

Para quem também curte cartazes, tenho algumas dicas: A Leite-Com tem uma linha de gravuras inspiradas em São Paulo e no Brasil que segue bem essa temática retrô. Outra ideia são os lambe-lambes da Urban Arts, que por enquanto só estão disponíveis nas galerias, mas em breve chegarão no site. Por último, sempre é possível procurar por um desses em alta no Google e mandar imprimir em uma gráfica de qualidade 🙂

Encontrei os cartazes no InspirationFeed

Continue Reading
1 9 10 11