O encontro do Ballet e da Robótica em Francesca da Rimini

Morro de amores pelo ballet. Nunca fiz quando era criança, e estou tendo a oportunidade de aprender agora que sou adulta. Do pouco que conheço, sei que os movimentos exigem um controle absoluto de cada pedacinho do corpo – alguns que a gente nem sonha que existam. Sendo assim, dá para imaginar a dificuldade que é tentar registrar tudo isso com uma câmera. Qualquer pessoa que tenha assistido a um espetáculo de dança e depois visto a gravação, sabe que a última fica devendo muito ao original.

Pois bem. O diretor Tarik Abdel-Gawad reuniu os dois Principal Dancers do Ballet de São Francisco para o projeto Francesca da Rimini, no qual utilizou uma câmera controlada por robô a fim de registrar os movimentos dos bailarinos em uma perspectiva “nunca-antes-vista”. Motion-capture, bonecos 3d e muito trabalho renderam ao vídeo o selo Staff Pick do Vimeo, como é possível ver aí embaixo:

O resultado dá nitidamente a impressão de que a câmera faz parte da coreografia. Tanto que assisti ao vídeo final antes do making of, e nem me liguei no trabalho da produção. Simplesmente me senti mergulhada na peça  (o que, eu imagino, era o objetivo final). Resumindo, a equipe captou muito bem a dinâmica e a essência dramática dos movimentos do ballet. Para quem acha meio chato, recomendo assistir pensando em todos os ângulos da câmera para ter uma ideia da dificuldade do negócio – não é qualquer gruazinha que faz isso, hein.

 

Continue Reading