5 fotos do primeiro blog de street style do Irã

Qual é a primeira coisa que vem a sua cabeça quando falamos de moda e street style no Irã? Burcas, mulheres tapadas da cabeça aos pés? Pense de novo.

É verdade que há muita controvérsia sobre o uso da Hijab – o conjunto de vestimentas adotado pela doutrina islâmica – mas o fato é que muitas mulheres defendem seu direito de usar a roupa tradicional, quebrando estereótipos que predominam no ocidente. A mídia daqui costuma retratar as mulheres iranianas como tristes e oprimidas, mas nem sempre isso é verdade.

Encontrei esse artigo no Bored Panda que, além de registrar lindas fotos de street style, quebra com a imagem da mulher muçulmana triste e nada moderna. Fiquei interessada pelo assunto e descobri que existe um blog – o The Tehran Times, que carrega o mérito de ser o primeiro street style blog de Teerã.

A publicação mostra toda a criatividade e estilo das jovens iranianas, e é um soco no estômago para a nossa falta de conhecimento de outras culturas.

Continue Reading

366 Street Project: uma foto por dia, usando apenas a câmera do celular

Está querendo se aventurar pelo mundo dos projetos paralelos, mas vive reclamando que não tem tempo, equipamento ou boas ideias para tanto? Então esse post vai te dar uma boa dose de inspiração e motivos para começar ! O indiano Sreeranj Sreedhar (nomezinho difícil, hein?)  iniciou em Janeiro de 2016 o 366 Street Project, um projeto bem simples. A ideia era fotografar imagens das ruas ao longo de todos os 366 dias do ano utilizando apenas a câmera de um iPhone 6. Sreedhar persistiu, e as imagens renderam uma conta no  Instagram cheia de registros bonitos.

 

Confiram algumas imagens aí embaixo:

#1

Un-posed - A 366 Street Project

#2

Un-posed - A 366 Street Project

#3

Un-posed - A 366 Street Project

#4

Un-posed - A 366 Street Project

#5

Un-posed - A 366 Street Project

O projeto começou como uma maneira de praticar e exercitar a fotografia, dentro do conceito de capturar momentos únicos nas ruas de Dubai, no trajeto em que o fotógrafo fazia para ir de casa até o trabalho. A grande maioria das fotos foram feitas em Dubai, e o legal é que o indiano agora se tornou especialista em street photos. Uma das maiores vantagens em tocar um projeto paralelo é exatamente essa: aprender fazendo. Então você que está aí parado, acabaram as desculpinhas, ok? Hora de botar a mão na massa 🙂

Mais informações: sreeranj.com | Instagram

Via Bored Panda

Continue Reading

Alpinista faz pedido de casamento temático e super romântico

Para começar o ano novo com muito amor, separei uma história cheia de romance para vocês.

Quando o casal de alpinistas Luis Cardona e Maddy Thorpe noivaram, o fotógrafo India Earl estava lá para registrar o momento. Só que, ao contrário dos ensaios tradicionais – em praias paradisíacas ou montanhas – essa sessão ocorreu em um local inusitado: a Elevation Rock Gym (um estúdio de rapel), em Logan, Utah.

Apaixonados por um bom desafio, o casal costuma fazer rapel junto, aproveitando a companhia um do outro e compartilhando do amor pelo esporte. Cardona deu uma entrevista ao The Huffington Post afirmando que “Escalar é parte das nossas vidas. Quando nos conhecemos, isso foi praticamente tudo o que a gente fez, e amamos praticar o esporte sempre que podemos”. Não é surpresa que na hora de pensar em um pedido de casamento romântico, o alpinista chegou à conclusão que o cenário de Utah seria perfeito para a ocasião.

Foi durante uma escalada que o fotógrafo e o noivo desligaram todas as luzes, enquanto a então namorada estava no topo da parede.  Enquanto o ambiente estava escuro, Cardona e Earl espalharam pétalas de rosas e ligaram um cordão de luzes para deixar o clima romãntico. (pausa para os suspiros). Quando a moça desceu, o alpinista a pediu em casamento.

Inspirador, não é? As fotos não deixam a menor dúvida.

 

“No início, a Maddy ficou um pouco assustada porque ela estava pendurada no escuro. Depois que ela percebeu, ficou muito emocionada”, afirmou Luis em entrevista ao HuffPost.

O noivo alpinista estava pra lá de inspirado, não é? Amamos!

Mais informações: India Earl Photography

Via My Modern Metropolis

Continue Reading

Fotógrafo captura imagens incríveis saltando de paraquedas

O fotógrafo polonês Kacper Kowalsky encontrou uma maneira única de combinar o seu talento com um vício – o paraquedas. Kacpter fotografa paisagens encantadoras registradas no seu trajeto rumo ao chão, lá do alto do céu. O resultado, como vocês podem ver, é bem impressionante.

 

1

“ Eu tinha duas alternativas: reabilitação, ou encontrar uma boa desculpa para voar. Foi aí que a fotografia surgiu como uma boa justificativa. Ao crescer, acabamos nos esquecendo o quão importante é questionar aquilo que temos de mais básico.. E aqui no alto, tudo se torna novo, embora seja conhecido. Fotógrafos aéreos tendem a voar para locações distantes e exóticas, como as Pirâmides ou outras estruturas famosas. O que eu faço é mais difícil, mais desafiador e mais sutil. Voar no meu quintal e encontrar belezas incríveis e memoráveis naquilo que eu vejo todo o dia, isso é o que me mantém vivo.” disse o fotógrafo para o The New York Times.

 

2

As imagens dão excelentes retratos, não é mesmo?

3

4

6

A emoção da fotografia aliada ao salto de paraquedas

7

10

poaraquedas-canhotices2

paraquedas-canhotices

Mais informações: Kacper Kowalski, Instagram (h/t: laughingsquid)

Via Design You Trust

Continue Reading

Concurso de fotografia ressalta o lado cômico da vida selvagem

Uma vez por ano, a Comedy Wildlife Photography Awards celebra a diversidade – e às vezes tolice – do mundo animal.

Como uma cópia divertida dos concursos de fotografia do reino selvagem, historicamente coordenados por instituições como a National Geographic e o London’s Natural History Museum, essa competição fora do comum apresenta o lado mais divertido da natureza. Isso vai de um adorável esquilo atracado em um sabugo de milho até um suricato desacreditado com a vida. Não faltam razões para rir e se encantar na coleção de fotos que concorrem na edição deste ano.

O concurso é uma competição 100% estruturada, o que quer dizer que existem algumas regras: os participantes não podem submeter mais do que seis imagens e dois vídeos, e cada uma das peças precisa se enquadrar dentro de uma entre seis categorias – que incluem criaturas da terra, do ar, fotos submarinas e vídeos.

Como se o próprio humor não fosse incentivo suficiente para entrar na competição, a ideia também é promover a conservação das espécies e do meio ambiente, uma causa sempre relevante. Trabalhando em parceria com a Born Free Foundation, uma ONG que defende a vida selvagem, o prêmio chama a atenção para a importância de preservar e proteger o nosso planeta.

Sem mais delongas, divirtam-se e tentem segurar as risadas com essas imagens:

 

Créditos: Monika Carrie/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Robert Dutton/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Edward Kopeschn/Comedy Wildlife Photo Awards

 

Créditos: Brigitta Moser/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Sushil Chauhan/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Mary Swaby/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Michael Erwin/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Alexander Pfeiffer/Comedy Wildlife Photo Awards

 

Créditos: Charles Kinsey/Comedy Wildlife Photo Awards

 

Créditos: Yvette Richard/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Isabelle Marozzo/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Olivier Steiner/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Markus Pavlowsky/Comedy Wildlife Photo Awards

 

Créditos: Rosario L. Cordoba/Comedy Wildlife Photo Awards

Créditos: Adam White/Comedy Wildlife Photo Awards

 

The Comedy Wildlife Photography Awards: Website | Facebook

Via My Modern Metropolis

Continue Reading

Instagram prova que o trabalho de um florista é tudo de bom

O Instagram da floricultura Floret Flowers Market é provavelmente uma das melhores inspirações em fotografia que você vai encontrar hoje. Caminhões cheios de flores, baldes de narcisos e peônias parecem cenário de um conto de fadas, mas para a Erin Benzakein – a dona do estabelecimento, trata-se apenas o dia a dia de uma empreendedora.

Erin é florista, fotógrafa, escritora e mãe de duas crianças. Todos vivem no Skagit Valley, em Washington. Há alguns anos, Erin deixou a cidade grande para aproveitar a vida mais simples do campo. Ela começou a cultivar flores depois de plantar ervilhas em honra de sua bisavó, que a havia ensinado o básico da jardinagem. A americana afirma que quando a primeira safra de ervilhas apareceu no jardim, ela sentiu como se a avó estivesse ao seu lado, assim como teve certeza que havia encontrado sua vocação profissional.

Agora, a família tem uma fazenda bem sucedida, um estúdio de design e centro de aprendizado, no qual oferecem aulas para qualquer pessoa interessada nas artes da botânica. Um sonho que se transforma em realidade! Como se não fosse o suficiente, Ellen aplica seus talentos de fotógrafa nas imagens deslumbrantes que a gente vê aí embaixo. Uma inspiração e tanto para os românticos de plantão!

Para ver mais, confiram direto no Instagram

 

 

 

Continue Reading