Varal de Ideias 11

Se tem uma coisa que recarrega as nossas energias, é a terra. Andar com os pés descalços na areia morna da praia, deitar em um gramado fresco, ou encher as mãos de terra molhada, rica, viva. Dizem que ninguém está com a vida completa se não escrever um livro, fizer um filho e plantar uma árvore. Mas na verdade, nem todo mundo tem a habilidade de escrever uma história, ou a vontade de ter um filho… Mas todos nós, indiscutivelmente, temos a capacidade de plantar!

 

No Varal de hoje, vamos conversar sobre hortas, e sobre como trazer esse pedacinho da natureza pra dentro de casa em forma de saladas e temperos frescos!

 

O que plantar?

o-que-plantar

A primeira coisa a decidir, é o que vamos plantar. Afinal, é assim que vamos definir o espaço que temos com relação ao que queremos 😉 Aqui tem uma lista de alguns vegetais e temperos fáceis de cultivar!

 

Mais temperos?

o-que-plantar-2

Não tem problema! Olha aí a lista deles. Além de informar como plantar, esse quadro também diz onde usar e o que colher das plantas cultivadas! Não é o máximo?

Mas… Como fazer?

como-fazer

Se você nunca plantou nem bananeira na sua vida, não tem problema! Esse post tem um passo-a-passo bem simples de se seguir e que não tem erro: tudo para que você tenha a sua hortinha sorrindo pra você todas as manhãs!

 

E o espaço?

xicaras

Essa é a parte legal: você pode plantar em praticamente qualquer vasilhame! Desde garrafas PET reutilizadas até às xícaras e taças órfãs daquela coleção linda que você ganhou de casamento. E se só tiver peças “chatas” em casa, nada que fitas coloridas, canetinhas, tinta e muita criatividade não resolvam. Olha só que ideias bacanas pra você usar em casa:

 

Uma hortinha no peitoral da janela da pia, super à mão para a hora de cozinhar!

horta-1

(Fonte: https://br.pinterest.com/pin/101471797834028604/)

 

Uma hora feita em potes de conserva: prático e decorativo!

horta-2

(Fonte: https://br.pinterest.com/pin/292171094560437690/)

 

E aí, inspiradas para começar suas próprias hortas? Mãos à obra: deixem a natureza e o sabor invadirem a sua cozinha!

Continue Reading

Varal de Ideias 05

Gatos, gatos, gatos e mais gatos. Eu amo gatos, a Internet ama gatos e você, se não ama um gato, é porque ainda não teve o privilégio de encontrar aquele bichano ronronento que toque o seu coração!

 

“Mas Ananda, eu sou uma pessoa de cachorros!” Não tem problema! Eu também sou de cachorros, gatos, ratos, cavalos, chinchilas, porcos, vacas… Porque amar um, não significa excluir o outro!

 

Está aberto o Especial Anual de… GATOS!

 

Um pouco de conhecimento geral…

Conhecimento

Se você já ama gatos, alguns conhecimentos a mais sempre são interessantes. Se você não tem uma opinião formada, talvez esses fatos te façam mais um fã dos nossos amados felinos. Mas se você não gosta… Bem, sempre tenha informações sobre os seus inimigos 😉

 

Analisando a “fera”!

Linguagem

Não existe forma melhor de conhecer algo ou alguém do que observar. É o que filósofos e cientistas fazem no decorrer dos séculos e, acredite: se observássemos mais antes de emitir qualquer opinião, opinaríamos menos, mas com mais qualidade!

O mesmo vale para os gatos. Chegou em uma casa com gatos e não sabe como agir? Confere a tabela acima e analisa o comportamento do bichano. Dessa forma, você sabe se está agradando ou não, e pode evitar traumas, bem como construir uma memória deliciosa desse momento especial *-*

 

A metodologia do carinho

Carinho

Gatos e gatos. Alguns não vão te deixar nem mesmo chegar perto – e está tudo bem! – outros te darão acesso restrito ao templo do seu corpo felpudo. Mas se você tiver sorte, vai topar com aquele gatos que mais parece uma geléia e quer todo o carinho que você possa prover! Com esse, teste TODOS os métodos disponíveis!

 

Mas, e se…

Ser um gato

…você já passou dos limites de amar os gatos no ponto de querer SER um gato? Sem problemas! Esse guia te dá 24 dicas importantíssimas de como ter o comportamento de um 😉

Disclaimer: Não nos responsabilizamos por você tentar isso em uma casa com cães.

 

A vida como um gato

CV

Não importa se você decidiu ser um gato, ou se tem um, saiba que não há nada mais injusto do que chamar o pobre felino de vagabundo! Gatos são extremamente habilidosos e possuem um currículo extenso para acompanhar toda a sua graça…

 

Não se tornou um amante da gatos ainda? Não tem problema, está ok não amá-los, apenas não os maltrate! Gatos são criaturas amorosas e, quando dominarem o mundo lembrarão que, apesar de não tê-los adorado, você não fez mal a eles. Nesse caso, tenho certeza de que a punição será mais leve >.<

Continue Reading

A Estante do ABC – um projeto minimalista de prateleira

A Estante do ABC (em inglês, ABC Bookshelf) é uma prateleira que vai além do aspecto funcional de armazenamento de livros. Ela também tem uma surpresinha para os bons leitores. O design pode parecer minimalista, mas a função não é nada básica: a prateleira é feita de nichos individuais, cada um com uma letra ou número que pode ser virado, torcido e empilhado conforme der na telha do proprietário.

Uma dica antes de ver as fotos: se ficar difícil de ler, experimente se afastar um pouco do monitor).


minimalist_bookshelf_canhotices3  minimalist_bookshelf_canhotices2

Desenhada e produzida na Itália para a marca Saporiti, a Estante do ABC estourou em vários blogs e revistas de design ao redor do mundo. O uso criativo das fontes, transformadas em nichos modulares, é um diferencial de peso para a peça – agradando não só as crianças, como também os adultos. O legal é que os módulos podem ser usados de forma bem lúdica, seja para ensinar o alfabeto ou até para brincar de Lego versão gigante.

Além de ser uma plataforma versátil, a estante também é super prática,  o que torna o projeto economicamente viável. A Estante do ABC está disponível em três versões: uma para pendurar na parede, outra de piso e até uma possível mesinha de centro com bancos feita de cubos. Com opções para todos os gostos, a certeza é que o universo literário particular desses leitores vai ficar bem mais interessante.

Com certeza, um achado para se guardar nos favoritos.

Via Design You Trust e IPPINKA

Continue Reading

Série de barbeiros retratados pelo fotógrafo Franck Bohbots em “Cuts”

Arnold Newman, considerado o pai do retrato ambientado, dizia que o sujeito deve ser pensado a partir do espaço: a casa onde ele vive, o lugar onde trabalha, o tipo de luz que entra por essas janelas e por meio do qual ele é visto. Pensando assim, quando vemos a foto de uma pessoa estaríamos também vendo o ambiente que ela habita. Ou seria ao contrário: nós que somos definidos pelo ambiente no qual vivemos?

Essas questões norteiam a última série do fotógrafo Franck Bohbot’s – Cuts, que retrata os barbeiros em seu espaço natural, as barbearias. No texto de divulgação, comenta-se que as barbearias são como fortalezas imunes à passagem do tempo, ao mesmo tempo em que retratam a evolução de uma profissão muito antiga.  O ambiente exibe evidências da história, cultura e clientela locais, por meio da decoração, do serviço e, claro, do próprio barbeiro.

canhotices-barbeiro

canhotices-barbeiro2

canhotices-barbeiro5

canhotices-barbeiro6

canhotices-barbeiro7

canhotices-barbeiro8

Nenhum recurso de iluminação externa foi empregado e muitas das imagens foram compostas e capturadas em questão de minutos. Mais do que um resultado esteticamente bonito, gosto desse questionamento sobre a pessoa e o ambiente. Fica bem óbvio como um faz parte do outro ao ver essas fotos. Para quem gostou, recomendo acompanhar os trabalhos do Franck pelo Behance.

Continue Reading