Sobre

Desde a primeira vez em que li, sempre me identifiquei com esse trechinho do Poema de Sete Faces, do Drummond.

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

Gauche, em francês, quer dizer esquerda. Ou canhoto. Mas nesse caso, o que o poeta quer dizer é que sempre se sentiu um desajustado, meio esquisito e fora do padrão tradicional. Sentimento que eu – e muita gente envolvida com criatividade – partilha. Para mim, parte do ser canhoto é olhar a vida com olhos meio tortos, mas também mais sensíveis. Uma capacidade que apenas algo em torno de 10% da população pode entender plenamente.

Resumindo em uma frase, esse blog é uma compilação de coisas sensíveis e que tocam a emoção daqueles que, como eu, também se consideram gauches na vida.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *