Alpinista faz pedido de casamento temático e super romântico

Para começar o ano novo com muito amor, separei uma história cheia de romance para vocês.

Quando o casal de alpinistas Luis Cardona e Maddy Thorpe noivaram, o fotógrafo India Earl estava lá para registrar o momento. Só que, ao contrário dos ensaios tradicionais – em praias paradisíacas ou montanhas – essa sessão ocorreu em um local inusitado: a Elevation Rock Gym (um estúdio de rapel), em Logan, Utah.

Apaixonados por um bom desafio, o casal costuma fazer rapel junto, aproveitando a companhia um do outro e compartilhando do amor pelo esporte. Cardona deu uma entrevista ao The Huffington Post afirmando que “Escalar é parte das nossas vidas. Quando nos conhecemos, isso foi praticamente tudo o que a gente fez, e amamos praticar o esporte sempre que podemos”. Não é surpresa que na hora de pensar em um pedido de casamento romântico, o alpinista chegou à conclusão que o cenário de Utah seria perfeito para a ocasião.

Foi durante uma escalada que o fotógrafo e o noivo desligaram todas as luzes, enquanto a então namorada estava no topo da parede.  Enquanto o ambiente estava escuro, Cardona e Earl espalharam pétalas de rosas e ligaram um cordão de luzes para deixar o clima romãntico. (pausa para os suspiros). Quando a moça desceu, o alpinista a pediu em casamento.

Inspirador, não é? As fotos não deixam a menor dúvida.

 

“No início, a Maddy ficou um pouco assustada porque ela estava pendurada no escuro. Depois que ela percebeu, ficou muito emocionada”, afirmou Luis em entrevista ao HuffPost.

O noivo alpinista estava pra lá de inspirado, não é? Amamos!

Mais informações: India Earl Photography

Via My Modern Metropolis

Continue Reading

Pista da Esquerda #1

Quase dois meses de blog, e já tenho novidades! Todos os dias, eu passo por várias imagens, vídeos e links legais na internet, mas nem sempre consigo postar aqui. Então pensei em um formato mais rápido, sem muito texto e completamente visual. Eis que surge o Pista da Esquerda – a sessão rapidinha do Canhotices, para compartilhar referências e inspirar até mesmo os apressadinhos <3

From Up North

pentagram

100 Layer Cake

Urban-New-York-Loft-wedding-14

Urban-New-York-Loft-wedding-23

Ufunk

Sushi-Towels-top

Sushi-Towels-1

500px

e83daeb9d7ff86e7d2e581cbdac68b17

InteriorZine

wall-hand-painted-recipes

flagship-restaurant-obed-bufet-7

Inspiration.de

normal-is-boring-1425059824k84ng

The Dieline

tea

Continue Reading

Lápis de Cor para Adultos

Psicologia das cores é um tema que a gente estuda em comunicação, design, e me arrisco a dizer até em pedagogia. Utilizamos na hora de compor a estética de um ambiente, o layout de um cartaz, e também os livrinhos que as crianças vão ler e com base nos quais darão os primeiros passos rumo à alfabetização. O fato é que as cores não só refletem, mas também podem influenciar as nossas emoções.

The School of Life, um grupo de design que oferece cursos em áreas relacionadas à cultura e desenvolvimento emocional, colocou essa questão em pauta com o projeto Psychology of Thought. Trata-se de uma caixa com 12 lápis de cor (jardim de infância feelings!), cada um com uma palavra específica relacionada à respectiva emoção invocada.

Junto com os lápis, vem um livrinho com as definições:

  • Amarelo = Esperança (sério? Achei que era verde)
  • Laranja = Vigor
  • Vermelho Claro = Aventura
  • Vermelho Escuro = Poder
  • Violeta = Ambiguidade
  • Azul Celeste = Claridade
  • Azul = Disciplina
  • Verde Claro = Sanidade
  • Verde Escuro = Realismo
  • Marrom = Suavidade
  • Marrom Escuro = Dignidade
  • Preto = Autoridade

O guia explica a relação entre cada cor e seu conceito com algumas curiosidades específicas. Por exemplo. No Vermelho Escuro/Poder, temos “Quando Napoleão foi coroado Imperador da França em 1804, ele vestia um manto de veludo carmesim. Essa é a cor dos tronos, dos cardeais, da pompa e do poder – muito utilizada em cerimônias e banquetes.

Psychology-of-Color-Pencil-Set-700x462

O tipo de presente que enche os olhos de qualquer designer, né?

Via PSFK

Continue Reading

Hyemi Jeong e as ilustrações com objetos do cotidiano

A engenheira coreana Jeong Hyemi, que atualmente vive no Canadá, prova que nem todo profissional de exatas só pensa em números. Durante o lazer, a jovem exerce seu lado artístico fazendo pequenas ilustrações projetadas com objetos de uso diário. Acho – e me corrijam se eu estiver errada – que ela usa apenas nanquim nas composições. Os traços são tão delicados que chegam a lembrar livros de histórias infantis.

Witty_Illustrations_Created_Around_Everyday_Household_Objects_by_Hyemi_Jeong_2014_10

Witty_Illustrations_Created_Around_Everyday_Household_Objects_by_Hyemi_Jeong_2014_02

Witty_Illustrations_Created_Around_Everyday_Household_Objects_by_Hyemi_Jeong_2014_051

Witty_Illustrations_Created_Around_Everyday_Household_Objects_by_Hyemi_Jeong_2014_091

Como eu sou curiosa, fui atrás de referências para conhecer mais sobre o trabalho da coreana. Acabei encontrando a conta dela no Instagram e também no Behance. Fica a dica! (Também pensei em um livrinho ao estilo do Eu me Chamo Antônio. Imagina só, que amor!).

A ideia veio do 22 Words.

Continue Reading