Um lanchinho para o saber: Vending Machines oferecem livros ao invés de snacks

book vending machine 6
Imagina se essa ideia pega? Garanto que as pessoas passariam bem menos tempo grudadas no celular

O projeto ainda está em fase de testes

 
Duas dessas máquinas já estão disponíveis para os leitores ávidos em áreas de tráfego intenso, como o Museu Nacional de Singapura e o Centro de Visitantes de Singapura. Super apropriadas para os locais, a curadoria dos livros é focada na cultura local, com autores da cidade assim como guias úteis para os turistas. Cada maquininha contém em média 150 livros com mais ou menos 22 títulos diferentes. Isso sem falar no exterior, que é pintado por artistas locais (muito amor, né?) de maneira customizada, dentro do tema literatura.

book vending machine 3

“A ideia é toda baseada no conceito de acessibilidade e conveniência”, afirma Kenny Leck, dono da BooksActually (a empresa por trás das vending machines). Ele afirma que não existem muitas livrarias na cidade, e as máquinas se tornam então um ponto de contato extremamente visual. “Pode ser que você não compre um livro, mas vai saber que eles estão por ali. A partir desse momento, outras possibilidades se abrem. Temos planos de instalar as máquinas em estações de trens.”

book vending machine 5

Um fato curioso? A ideia de vending machines com livros não é nova – embora seja mais popular na Ásia e na Europa do que nos Estados Unidos. A primeira máquina que vendia livros – chamada Penguincubator – foi instalada em Londres em 1937.  Uma empresa irlandesa tentou instalar uma vending machine no aeroporto de Londres, mas a ideia não vingou, muito em função da dificuldade de escolher um livro sem ler a contracapa. A solução? Oferecer best-sellers, facilmente reconhecíveis e que não exijam muito do público para serem escolhidos.

Via Web Urbanist

Continue Reading

Cangas com estampas inspiradas em livros clássicos prometem conquistar os amantes da literatura

Amantes da literatura agora também podem se enrolar em um bom livro. A lojinha tailandesa FreshComfy, do Etsy, lançou uma linha de cangas gigantes que prestam homenagem aos romances mais famosos de todos os tempos. Clássicos como Orgulho e Preconceito, O Sol Nasce para Todos e o Senhor dos Anéis adornam essas acessórios super fashion, assim como best sellers estilo Harry Potter. O resultado é super legal e criativo, como dá para ver nas imagens abaixo:

 

scarvescatcherrye

scarvesalice2

Muitos dos lenços da FreshComfy apresentam a capa mais tradicional dos livros, inlcluindo o icónico rosto azul de O Grande Gatsby (retirado daquele outdoor que ficava no meio da estrada observando toda a trama se desenrolar, e que é um dos símbolos mais fortes da decadência do American Dream presentes no livro). Sem dúvida,  trata-se de um design ousado que é com certeza uma marca forte para qualquer peça de roupa.

Enquanto as capas famosas com certeza chamam atenção, algumas cangas também utilizam citações que se eternizaram na literatura e são conhecidíssimas do público que ama um bom livro. O Pequeno Príncipe e Alice no País das Maravilhas são alguns desses, que possuem texto acompanhado das iliustrações.

scarvesthelittleprince

 

 

scarvespridepredujuice

 

A coleção completa pode ser vista na lojinha FreshComfy no Etsy shop.

Via My Modern Metropolis

Continue Reading