Alcoólatra ou Milionário? Seis retratos da mesma pessoa mostram o poder da perspectiva

Um experimento totalmente revelador feito pela Canon Austrália mostra o poder da fotografia, e tudo que pode acontecer quando os fotógrafos têm um objetivo em mente ao registrar um retrato. Seis fotógrafos receberam seis versões diferentes de background com relação ao homem que deveriam fotografar. A perspectiva de cada um, de uma forma impressionante, teve um impacto muito significativo no resultado dos cliques.

As seis histórias diferentes contadas com relação ao modelo, Michael – que foi, ao mesmo tempo, um milionário, ex-presidiário, médium, alcoólatra, salva-vidas e pescador – induziram os fotógrafos a produzir imagens radicalmente opostas. O mais impressionante: todas os registros foram clicados no mesmo estúdio, com o mesmo time e equipamentos. Moral da história: na fotografia, a ordem dos fatores altera radicalmente o produto.

“Uma fotografia é criada muito mais pela pessoa por trás da câmera do que pelo sujeito em frente a ela”, foi o que a Canon Austrália escreveu em seu vídeo. Sem dúvida, uma verdade absoluta. A imagem que aparece no papel é sempre o fruto do olhar, da sensibilidade e da perspectiva da pessoa por trás das lentes. Alguns até duvidam disso, mas em um projeto como esse, a questão fica evidente.

Junto com essa importante lição, fica outra dica para os amantes da escrita com a luz: nunca se esqueça da licença poética que você possui ao fotografar, não importa o quanto o trabalho possa parecer simples! E agora, chega de lições e vamos aos resultados:

Médium

perspectiva-canhotices1

Milionário

one-man-six-photographers-portrait-photography-canon-decoy-6

Ex-presidiário

one-man-six-photographers-portrait-photography-canon-decoy-5

Salva-vidas

one-man-six-photographers-portrait-photography-canon-decoy-4

Alcoólatra

one-man-six-photographers-portrait-photography-canon-decoy-2

 

Pescador

one-man-six-photographers-portrait-photography-canon-decoy-3

Via petapixel, demilked

Continue Reading

10 retratos fantásticos capturados em janelas de trem

Impossível negar que há algo capaz de encantar em um retrato capturado na janela de um trem. Quer seja o reflexo registrado por dentro, a imagem da rua enquadrada perfeitamente na janela, ou até mesmo a simples figura de uma pessoa, com um trem em movimento ao fundo. As possibilidades artísticas são infinitas, e o legal é perceber que de uma forma ou de outra essas imagens sempre conseguem transmitir emoção e sensibilidade.

Quem conhece um pouco mais sobre fotografia, sabe que as linhas bem definidas atraem o olhar e formam pontos de fuga – aquela intersecção entre linhas que os arquitetos e profissionais que trabalham com o desenho em geral usam com bastante frequência. O conceito é empregado para construção de formas geométricas e também para acrescentar perspectiva às imagens – aplicação bem comum para os fotógrafos.

Esses 10 retratos capturados pela comunidade do 500px – um site muito legal que divulga trabalhos de fotógrafos do mundo inteiro e também algumas dicas para quem se interessa pelo assunto – fazem um excelente uso da janela do trem para, além da perspectiva, adicionar drama, movimento ou até mesmo um bom enquadramento para o retrato. Confiram e aproveitem para salvar nos favoritos como inspiração na hora de fazer os seus próprios cliques!

10-retratos-trem-canhotices1

retratos-trem-canhotices2

retratos-trem-canhotices3

retratos-trem-canhotices4

retratos-trem-canhotices5

retratos-trem-canhotices6

retratos-trem-canhotices7

retratos-trem-canhotices8

retratos-trem-canhotices9

retratos-trem-canhotices10

Via 500px

Continue Reading

Fotógrafa reproduz a tabela Pantone baseada em tons de pele humana

A fotógrafa brasileira Angelica Dass é a responsável pelo projeto Humanæ, uma ideia super legal que consiste em retratar pessoas do mundo inteiro e combinar os seus tons de pele com cores da escala PANTONE®. A marca, conhecida mundialmente como expert em cores, costuma ser responsável por ditar tendências na moda e no mundo do design.

Os participantes foram selecionados por cadastro voluntário no Tumblr e no Facebook. A partir daí, para criar o fundo exatamente do mesmo tom de cada pele, uma amostra de 11×11 pixels dos retratos foi digitalmente extraída. O resultado são essas fotos, que impressionam pela correspondência perfeita entre a pele das pessoas fotografadas e a respectiva cor Pantone.

pantone-humano-canhotices6

pantone-humano-canhotices2

pantone-humano-canhotices3

pantone-humano-canhotices4

pantone-humano-canhotices5

O objetivo do projeto é desmistificar a ideia de que temos raças definidas, como muitas pessoas pensam. Ao olhar para esse mosaico, fica bem claro que as fronteiras entre as supostas diferenças de cor são praticamente impossíveis de serem demarcadas.  A fotógrafa quer documentar todos os tons de pele humana do planeta, e com isso provocar o diálogo sobre a identidade étnica.

Ao falar sobre o seu trabalho, Dass afirma: “Eu entendo a fotografia como um diálogo entre o pessoal e o global;  como um jogo em que os códigos pessoais e sociais são levados a se reinventar, um fluxo continuo entre o fotógrafo e o fotografado, uma ponte entre máscaras e identidades. Por esse motivo, eu uso meu trabalho como uma ferramenta para explorar, questionar e buscar a identidade de cada pessoa.

Via Design You Trust

Continue Reading

Alexander Yakovlev retrata bailarinos em cliques fantásticos

Nesse feriado preguiçoso, aproveitei para atualizar as referências e procurar conteúdo novo para o blog. Foi aí que esbarrei no trabalho do fotógrafo Alexander Yakovlev,especialista em retratos de bailarinos. Existem muitos projetos legais que unem dança e fotografia, como o Ballerina Project, um dos meus favoritos. mas o interessante nos projetos de Alexander é que ele consegue misturar vários estilos de dança.

Clássico, contemporâneo, jazz e hip-hop são retratados com maestria em imagens de estúdio, coloridas ou preto e branco. Alguns cliques são focados no solo, enquanto outros congelam saltos em frames fantásticos. As linhas bem trabalhadas – essenciais quando se fala em fotografia de dança – também estão presentes, valendo-se do pó e dos cabelos longos das bailarinas. O destaque fica para as imagens de hip-hop, que conseguem transmitir a energia desse estilo por meio dos tons vibrantes do figurino padrão.

Mas melhor do que a minha avaliação são as fotos por si mesmas. Confiram:

alexander yakovlev


alexander_yakovlev_canhotices

alexander yakovlev

alexander yakovlev

alexander_yakovlev_canhotices12
alexander_yakovlev_canhotices9

alexander yakovlev

Via 500px

 

 

Continue Reading