Trens franceses ganham novo visual e se transformam em museus ambulantes

Ao invés de incentivar que as pessoas visitem seus pontos turísticos super famosos, como a Torre Eiffel, Catedral de Notre Dame, entre outros – o serviço ferroviário francês (SNCF) teve uma ideia genial para uma espécie de “turismo paralelo”. Eles decidiram trazer todas essas referências diretamente para o dia a dia das pessoas, que agora podem aprender e desfrutar de um pouco de arte durante o trajeto para o trabalho.

Operando em colaboração com as empresas americanas 3M e ADKEYS, a SNCF fez uma espécie de “extreme makeover” artístico nos trens. O interior de todos os vagões foi coberto com uma espécie de película gráfica na qual estão impressas várias obras de arte famosas,  à disposição dos passageiros. O design inclui flores e mobília do Palácio de Versalhes, arte impressionista do Museu d’Orsay e imagens do Cinema Gaumont, a mais antiga empresa de cinema do mundo.

A série, cujo nome é Art in Transit (em português: arte em trânsito) ajudou a tornar a viagem dos passageiros bem mais interessante e, de quebra, tem impedido a ação dos vândalos nos trens. Com esse visual, não é difícil entender porque uma simples viagem de trem tem tanto potencial em Paris:

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *