Vovó integra grupo de street artists na Escócia

A vovózinha de 104 anos Grace Brett é provavelmente a street artist mais velha do mundo. Ela ajudou a tecer uma “capa” nova para a cidade de Selkirk, na Escócia, com a ajuda dos Souter Stormers, um grupo de artistas que trabalha com linha e tecido e já fez intervenções em mais de 46 pontos turísticos do país.

“Eu acho uma ótima ideia decorar a cidade, e adorei poder participar fazendo o meu crochê. Gostei de ver o meu trabalho junto ao dos outros colaboradores e também do resultado. A cidade ficou um amor”, afirmou a idosa. A filha de Brett, Daphne – que também já tem seus bons 74 anos – explicou: “ela fez tricô e croché ao longo de toda a vida. Sempre fez todas as roupinhas de tricô dos bebês e também nossos xales”.

Os Souter Stormers fizeram intervenções na cidade de Selkirk para um festival de arte que terminou no mês passado. O grupo é composto de artistas de várias idades, e se diz inspirado pela vovó para usar suas habilidades artísticas e criativas na transformação da paisagem urbana. Afinal, se existe um fato que essa senhora provou é que não há barreiras para quem deseja trabalhar com arte. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, os idosos tem todo o gás para participar de um projeto contemporâneo 🙂

 

vovó-street-artist

vovó-street-artist-canhotices

grandmother-yarn-bomb-uk-souter-stormers-knitting-104-year-old-grace-brett-3

 

Via Bored Panda

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *